Foi-se

Sem despedir-se, foice. Sem adeus. Há Deus?! Virou a vida do avesso e, então, a perdeu. Virou foto, virou saudade, virou momento. Tempo depois, numa conversa sem destinatário, perguntei: ”O quê?”. Ninguém respondeu. Continuava a ouvir chorar. Repeti minha pergunta. “Já não é mais nada!”. Se não era nada, só podia ser tudo Não me lembro do … Continuar lendo Foi-se

Tanto bate até que muda: ex-presidente da Gaviões da Fiel

Na manhã quente de um sábado azul, algumas horas após a hora de Ave Maria, acordo com o seguinte objetivo: conhecer e transmitir as ideias, quero dizer, entrevistar um personagem extremamente polêmico: um ex-presidente da Gaviões da Fiel (Torcida Organizada do Sport Club Corinthians Paulista), líder e fundador do, hoje extinto, Movimento Rua São Jorge, … Continuar lendo Tanto bate até que muda: ex-presidente da Gaviões da Fiel

Disparate ocidental

Nós, do Ocidente, herdamos uma ideia de “lei” das antigas concepções de Deus (o que chamamos de “Leis da Natureza”), tal herança tem consequência, inclusive, nas ciências. É fácil perceber, cada vez mais, que aquilo que chamamos de “Leis da Natureza” são apenas regularidades observadas na forma como as coisas se comportam. E, para tanto, é preciso … Continuar lendo Disparate ocidental

João e o desabafar

João, por diversas vezes, ouviu a seguinte recomendação: “Desabafe!”. Ou seja: coloque tudo o que você sente à vista de todos e aberto para discussão. Seguiu o conselho por diversas vezes e, assim, caiu na armadilha do sentimentalismo. Chegou a achar que atrair a compaixão alheia – com a exposição de seus sentimentos – seria vantajoso. No entanto, … Continuar lendo João e o desabafar